Traduzir

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

O que você ama nos livros?



O que os livros representam pra vocês? O que os fazem tão incrivelmente fantásticos e viciantes? O que te faz virar as páginas cada vez mais e mais?
Pra mim é a sensação de fazer parte de outro mundo, onde eu possa ser quem eu quiser, onde possa viver qualquer tipo de aventura, me apaixonar de novo e de novo, conhecer lugares diferentes, paisagens inimagináveis, arriscar-me em situações perigosas, fazer coisas impossíveis que sempre quis fazer, até ser tudo aquilo que não sou, é como ter um sonho no lugar da vida…
Eu amo livros, acho que para nós, meros humanos, isso é o mais próximo da magia que podemos chegar, depois do amor, talvez, não sei ao certo.
Não me canso de ler, abrir a página, sentir o cheirinho das folhas, e entrar num mundo novo, pronto pra ser descoberto.
Depois que termino uma história, ainda fico pensando nela um bom tempo, é como se ela agora fizesse parte de minha história, ficasse guardada num pedacinho de mim, pra sempre.
Posso afirmar então que tenho um pouco de sangue de vampiro, de fadas, inclusive de sereias, as vezes posso soltar pó de pirlimpimpim, de vez ou outra me transformo num dragão, até mesmo concerto meus óculos com o famoso feitiço “óculos reparo”, e mesmo que me recuse até a morte, de uma forma ou de outra tenho algumas algemas e chicotes masoquistas escondidos pela casa. Kkkk Tenho um escudo que me protege de qualquer magia, posso falar com os animais, sou muito amiga dos Narnianos, meus pais são Deuses, sobrevivi a arena de Jogos Vorazes, algumas vezes posso ler mentes, viajo pra outros mundos com minha mente, sou uma viajante do tempo, já naveguei em navios piratas, incluindo de Vampiratas, sei usar uma espada como ninguém, sem falar que sou uma princesa em um mundo destruído que preciso salvar…
Levo comigo todas as histórias que conheci, sempre tenho um pedacinho delas guardado em mim… Espero que um dia vocês tenham um pedacinho da minha história guardado com vocês também... 
Mas me diga, o que te faz amar os livros? 

20 comentários:

  1. Oie Mila
    adorei seu blog e o texto, já estou seguindo.
    Obrigada pela visita e comentário no meu blog.
    Eu amo por tudo isso que você citou: o cheirinho, a possibilidade de viajar através das palavras e entrar em um mundo só meu. Acho que minha vida é movida a leitura e livros rs
    bjos

    ResponderEliminar
  2. Oi, Jaque

    Obrigada!
    Também sou movida por palavras, simples assim...

    Beijão :)

    ResponderEliminar
  3. Muito bom o texto.
    Sinto exatamente essas sensações *-*
    Bjos...

    ResponderEliminar
  4. Camila, primeiro parabéns que bonito isso que vc escreveu, concordo em vc em cada palavra ai escrita, eu amo ler o livros porque eles me permitem ser que não sou, ser que nunca imaginei ser, e aquela que sempre tive vontade de ser, a vc tem toda razão, é isso mesmo ler é como sonhar !
    Estarei sempre por aqui porque seus posts são muito especiais :)
    Beijão flor !
    http://vivyphany.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  5. Vivý,

    Ah, que fofa! Fico muito feliz com sua presença aqui no blog, viu?

    Grande beijo pra você :)

    ResponderEliminar
  6. Dany,

    Que bom que se identificou... :)

    Grande beijo :)

    ResponderEliminar
  7. Oi Camila!
    Um bom texto que me faça mergulhar no livro e por algum tempo fazer parte de outro mundo!
    Esse tipo de magia mesmo :)
    bjs

    ResponderEliminar
  8. Não é fácil responder isso, Camila, mas creio que talvez o que eu mais ame neles é a sua pulsante vocação revolucionária.
    GK

    ResponderEliminar
  9. oi Camila, o que me faz amar os livros é a possibilidade de viajar no mundo, no tempo na fantasia sem sair de onde estou. é aprender coisas novas , voltar a ser criança, imaginar cada lugar e cada personagem a minha maneira. Por isso e muito mais, amo ler. bjs

    ResponderEliminar
  10. Eu amo ler, pense que me envolvo de tal maneira que fico me vendo dentro da história.
    www.thaimarques.com

    ResponderEliminar
  11. Nossa... Poderíamos passar muito tempo falando sobre isso por aqui...

    Mas, de pronto, posso dizer que os livros são como pontes entre nós e duas ou mais pessoas. Uma dessas pessoas somos nós mesmos...

    Talvez seja daí, a origem daquela leve tensão que me acomete antes de abrir um livro: mergulhar no outro, mergulhar em mim, sem saber ao certo em que lugar vou aterrissar. Isso é instigante!

    Minha paixão pelos livros também passa por esse mistério.

    Beijo grande!

    ResponderEliminar
  12. É uma questão fascinante. Acho que toda a arte causa esse mesmo efeito, não só a literatura. É claro que os livros tem um fator muito mais pessoal, já que ele não vem pronto. É o leitor que monta os cenários e o andamento da história, regido pelo escritor. Um assunto extenso. Nã verdade, não acho que existam limites para o significado de um livro, considerando os vários gêneros e estilos, cada qual com sua particularidade.

    ResponderEliminar
  13. Oi, Camila! Você descreveu praticamente todas as razões que me fazem amar os livros! Talvez além do que você já colocou tão bem, eu ame ler porque cada nova história me faz encarar o mundo com novos olhos e me torna uma pessoa diferente. Acho que a riqueza que os livros nos dão é inestimável!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Pessoal,

    Obrigada pelos comentários, muito legal saber a opinião de todos vocês...

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  15. Ao ler seu comentário no meu último poema, me identifiquei. Eu também sou assim, sei medir as consequências, mas arrisco o que quero na hora que quero. Isso de se travar e deixar de viver o que se quer devido aos "e se" é perda de tempo e atraso de vida. Concordo contigo.

    Nossa, essa sua pergunta é difícil de responder porque envolve muitos aspectos. Gosto de viajar para um mundo diferente, participar de vidas diferentes e conhecer pessoas [personagens] diferentes. Quando o livro me prende e me encanta, vivo aquela história o dia inteiro, mesmo quando não estou lendo. Parece que, quando estamos lendo um livro bom, somos transportados para aquele universo e ficamos lá até terminá-lo. O ruim é ter que ir embora!
    Quando acaba o livro, sinto saudade dos personagens, se pudesse os conheceria pessoalmente! :D

    É o que você disse, escrever é quase fazer mágica e ler é vivenciar a magia (até há um texto antigo que fala exatamente sobre isso no meu blog).

    "e mesmo que me recuse até a morte, de uma forma ou de outra tenho algumas algemas e chicotes masoquistas escondidos pela casa." hahaha adorei e me identifiquei!

    Você disse algo muito certo: nós carregamos para sempre todas as histórias que lemos. E os livros têm o poder de mudar nosso vasto mundo interior. Como diz a famosa frase: “Livros não mudam o mundo. Quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas.”.

    Beijo, menina!
    Isabela

    ResponderEliminar
  16. Isabela,

    Também sinto vontade de conhecer alguns personagens, e me sinto em seus mundoa enquanto estou lendo a história. É como você disse, é difícil dizer adeus quando o livro termina.

    Hahaha! Não posso fazer nada, né? Querendo ou não, um pedacinho deles fica comigo, até mesmo o pedacinho maldito dos Cinquenta Tons de Cinza. kkk


    Beijão, linda :)

    ResponderEliminar
  17. Olá Camila,

    eu amei o seu blog querida, vou dar uma olhada nos capitulos do seu livro e deixarei o meu comentário. ADOREIIIII, sua resenha do livro cinquenta tons de cinza, eu ainda nao entendi como um livro onde tem tantas resenhas dizendo que o livro é ruim, faça tanto sucesso. Eu nao li e nem vou ler.

    Sobre seu post, maravilhoso. É maravilhoso você ler um livro e se transpostar para aquela situação. Podemos ser tantas coisas, ir para tantos lugares, ler é sempre uma viagem. Essa semana eu li, nao sei aonde, uma frase assim: "uma pessoa que lê vive várias vidas, e uma pessoa que não lê vive apenas uma". Gostei muito dessa frase. Eu já li tantos livros, que já vive muitos mais de 1000 vidas.

    Estou seguindo seu blog.

    Bjs

    http://marcia-pimentel.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  18. Marcia,

    que ótimo saber que está gostando das resenhas, fico muito feliz com isso.
    Ah, sobre Cinquenta Tons de Cinza, todo mundo me diz que a resenha ficou divertida, kkkk coloquei tudo que estava engasgado pra fora. Também não entendo como ficou tão famoso... :(


    Já conhecia essa frase que mencionou, acho ela perfeita, pois também já vivi muitas outras vidas...

    Beijo grande pra você :)
    Volte sempre... :)

    ResponderEliminar

Adoraria saber o que você está achando do blog, e da postagem...