Traduzir

sábado, 27 de abril de 2013

A Hospedeira - Filme



 Depois de uma longa espera dolorosa de mais ou menos três anos, finalmente pude assistir o filme que foi baseado em um de meus livros favoritos.
Senti até frio na barriga quando as cenas surgiram na telinha, de verdade.
Bem, a primeira coisa que tenho que dizer é que o filme foi realmente muito fiel ao livro, algumas cenas ficaram faltando e algumas outras foram adicionadas, mas nada que tenha mudado o espírito da coisa.
Acho que nessa altura do campeonato todo mundo deve conhecer a história e saber do que se trata, certo? Mas em todo caso, pra quem não sabe, irei resumir um pouquinho as coisas. Nosso mundo foi dominado por uma raça alienígena, eles vieram pra “nos salvar”, pois estávamos destruindo o planeta e toda essa conversa sobre esse assunto. Esses seres não são tão ruins quanto parecem, são pacifistas, estão aqui somente para ajudar, tudo bem que eles tomam posse de nossos corpos, memórias e pensamentos, mas no fundo, não são monstros destruidores de planetas.
A história começa quando uma alienígena, ou alma, chamada Wanderer entra no corpo de Melane. Tudo deveria sair bem, era pra Wanderer tomar posse do corpo de Melane e tentar descobrir alguma coisa sobre os humanos que estão escondidos, mas não é bem assim que as coisas acontecem. Wanda (apelido que ganha) começa a escutar os pensamentos de Melane, pois a mente da garota continua viva em seu corpo. Wanda então começa a ver a vida de Melane em sua cabeça e as poucos se apaixona pelas pessoas que Melane é apaixonada, como seu irmão e namorado.
Depois de alguns acontecimentos, Wanda decide fugir e encontrar essas pessoas que agora ela também ama. É então que tudo começa de verdade.
Já falei que o filme foi bem fiel ao livro, mas senti falta de algumas cenas e pessoas, como a namorada do irmão do Ian, ela fez um papel muito bom e interessante no livro, não somente por quem ela é, mas por nos mostrar outro lado do cara que a ama, mas não foi citada no filme.
Acho que o amor de Melane e Jared é bem mais intenso no livro, mas essa sensação é normal de se sentir, pois quando estamos lendo estamos mais conectados a história e temos muito mais detalhes.
O que mais senti falta, foi das cenas de Ian com Wanda, pois ele é o cara que mais gosto no livro, tão doce e amável, sem dizer que o amor dele por Wanda foi algo construído aos pouquinhos, mas se tornou tão grande e puro que nem mesmo ela sendo de uma outra raça o fez mudar de opinião. Ah, eu não posso me esquecer de comentar sobre o ator que fez o papel de Ian, o Ian que eu tinha imaginado era completamente diferente, tudo bem o cara tem olhos azuis, mas eu estava esperando alguém com olhos estilo Elijah Wood, pois no livro os olhos azuis de Ian são citados várias vezes, os grandes olhos azuis, eles que fizeram o personagem pra mim. Mas ok, se fosse só esse fato, mas não foi, achei o relacionamento dele com Wanda muito superficial no filme, não teve aquela emoção nem as lagrimas que derramei aos montes enquanto estava lendo. Senti muita falta disso, lagrimas. E não, eu não sou doida, nem depressiva, apenas acho divertido pra caramba chorar lendo um livro ou vendo um filme, pois isso mostra o quanto estou envolvida no negócio.
Já que falei do ator que interpretou Ian, vou falar sobre os outros atores também. Achei que Melane ficou perfeita, não é fisicamente parecida com o que eu tinha em mente, mas a atriz conseguiu passar a imagem de como ela deveria ser e eu adorei. Jared ficou ok pra mim e Jamie o irmão de Melane, eu o imaginava muito maior e com uma carinha de mais velho, mas gostei do garoto que o interpretou.
Outro ponto que preciso comentar, o filme foi fiel, digo isso pela terceira vez, eu sei que sempre queremos filmes fieis, ao menos é o que a maioria das pessoas quer, não é? Mas alguma coisa me diz que não é bem isso que queremos, não queremos filmes idênticos aos livros, pois assim não sobra surpresa nenhuma, nada de novo, você apenas espera pela cena que já conhece. É por isso que me pergunto, até que ponto um filme deve ser fiel ao livro?
Acho que o que queremos é que o filme não perca a essência do livro, que seja fiel em relação aos personagens e suas personalidades e que não perca o foco das coisas, mas acho que fazer algo muito idêntico não é a melhor opção, mesmo que essa seja melhor do que mudar totalmente a história e transformá-la numa muito pior que a original, isso a gente realmente não quer.
Eu gostei do filme, não posso negar, mas acho que boa parte desse sentimento é por amar o livro e não poder odiar algo que foi tão parecido com ele, mas a verdade é que fiquei um tanto quanto decepcionada. Pode ser por ter esperado tanto tempo pra assistir, por ser uma de minhas leituras preferidas ou por simplesmente não ter conseguido sentir as mesmas coisas que senti com o livro, não sei. Fico pensando que quem assistir sem ter lido o livro irá ter uma visão errada da história, mesmo ela estando tão parecida. Minha dica é que você leia o livro, antes ou depois, mas leia, irá fazer muita diferença, acredite.
Enfim, no final das contas o filme foi bom, só não foi o que eu esperava. Continuarei amando o livro um milhão de vezes mais, mas isso é bem normal, na maioria das vezes o livro é melhor mesmo.

PS- Ah, eu já ia me esquecendo, o que foi aquilo no final? Que atriz mais estranha pra fazer aquele final, a garota do livro era loira com “pelinhos dourados” para todos os lados, que coisinha mais esquisita que ficou essa atriz que colocaram. 
Emily Browning é linda, mas que ficou estranho, ficou. Quem concorda com isso? 


12 comentários:

  1. Eu não vi o filme ainda, mas como Jogos Vorazes, só quero assistir depois de ler o livro. *u*
    Parece ser tão bom, e é da minha diva Stephenie Meyer! *-* Então, é perfeito!
    Bjo, Sel ;*

    Jovens Gordinhas - Unicórnio com Bigode - Nerd Descolada

    ResponderEliminar
  2. Sel,

    indico que leia sim, muito bom!
    Jogos Vorazes também é um de meus favoritos.

    Beijão :)

    ResponderEliminar
  3. Que pena que não foi aquilo que você esperava. ;/ Eu ainda nem li o livro, apesar de tê-lo há quase dois anos. haha

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderEliminar
  4. Eu estou morrendo de vontade de ver o filme, quando eu vi pelo trailer parece ser um filme muito bom, mas eu tenho uma mania de ler o livro primeiro e depois ver o filme, gostei da postagem.

    Bjuus ;*
    Mundo da Isa

    ResponderEliminar
  5. Isabella,

    também prefiro ler antes de assistir!


    Beijão :)

    ResponderEliminar
  6. Camila, acabei de ler outra resenha do filme, o espectador/leitor frustrado. Ele disse que o filme é para quem leu o livro, que quem não o leu vai boiar em algumas partes.

    Meu livro chegou há duas semanas na casa da minha amiga, mas só hoje ela me entregou. Gravei caixinha de correio para colocar no blog essa semana e tudo - ele entrou na leva. =) E é um livrão, hein? Amei!

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderEliminar
  7. Já li o livro a bastante tempo e amei
    Mas ainda não deu para ver o filme
    QWue estou com muita vontade

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  8. Isie,

    não achei que quem não leu o livro terá dificuldades pra acompanhar, mas sei lá, as vezes eu nem percebi isso, pois li o livro. kkkk
    O livro é grandão sim, LINDO!

    Beijão :)

    ResponderEliminar
  9. Bem também achei que escolheram mal a atriz pra interpretar a Peg no final sei lá ela é minha personagem favorita e nunca imaginei ela assim, eu amo o Ian é o par perfeito pra Peg, ah quem é Wanda? Não me lembro

    bjos

    ResponderEliminar
  10. Wanda é a Peg, mas Wanda é o nome em inglês, apelido carinhoso de Wanderer.

    Na minha cabeça ela também seria bem diferente!

    Beijão :0

    ResponderEliminar

Adoraria saber o que você está achando do blog, e da postagem...