Traduzir

quarta-feira, 19 de junho de 2013

O Futuro de Nós Dois


Descobri esse livro num naqueles vídeos de lançamentos do mês do "Cabine Literária" (adoro os vídeos do Gabriel e do Danilo). A primeira coisa que pensei, foi que a história parecia ser diferente, tanto pelo ano em que se passava, tanto pela ideia central.
O história do livro se passa em 1996 e iremos conhecer Emma e Josh, dois vizinhos que são amigos desde sempre, mas uma coisa estranha acontece na vida deles. Numa certa manhã Emma recebe o computador que seu pai lhe enviou, Josh vai até a casa de Emma e lhe dá um CD para instalação da internet discada, que era a usada naquela época. Tudo parece normal, mas então a tela do Facebook surge em seu monitor, mas em 1996 o Facebook ainda não existia. Então a garota fica olhando para tela sem entender nada, sem saber o que é aquilo, até que vê a foto dela mesma no quadradinho esquerdo da tela. Era ela na foto, mas ela estava bem mais velha e casada também. Em primeiro momento Emma pensa que é uma brincadeira de alguém, mas depois que encontra o Face de Josh e de todos os que ela procura, percebe que a coisa é muito maior do que uma simples brincadeira e que ela está olhando diretamente para o futuro.
Uma janela para o futuro e ela pode espiá-lo todos os dias, cada coisa diferente que ela faz, afeta alguma coisa no futuro e as coisas mudam.
A garota fica meio doida, começa a mudar todo seu futuro, pois não gosta do cara que está casada e acha que sua vida está ruim demais, enquanto isso Josh fica brigando com ela, pois adora o futuro que viu pra ele, não quer que nada mude em sua vida e tem medo que Emma estrague isso.
O livro é bem legal e divertido, é narrado por Emma e Josh que sempre foram amigos, mas faz algum tempo que não são assim mais tão chegados.
Josh é um garoto ruivo e meigo, adora andar de skate, eu fiquei apaixonada por ele.
Emma é uma garota de cabelos cacheados que adora correr, está sempre se exercitando.
O fato da história se passar em 1996 faz tudo ser mais divertido pra mim, é tão estranho ver pessoas usando internet discada, eu me lembrei do barulho que ela fazia quando a gente ligava, vocês lembram? Usando discman, tendo que usar lista telefônica para achar algum número, só os ricos usando celulares. Kkkk
Achei original, mas nada surpreendente. Dá pra ler numa boa, é gostosinho de ler e você não fica com sensação de tempo perdido no final. Sabe aquelas historinhas que a gente lê quando quer algo leve, jovem e bonitinho? Esse livro é exatamente assim e eu recomendo.

O que mais gostei é que irá virar filme, isso mesmo, o livro fez tanto sucesso que irá ter sua adaptação, estou doida pra assistir... 

12 comentários:

  1. Oi..
    Primeiramente desculpa a demora para entrar em seu blog. Já respondi seu e-mail dizendo que aceito a parceria.
    Só não encontrei seu banner. Então por enquanto vou te linkar como escritora parceira, pode ser?

    Sobre o post, eu amei esta história e até anotei aqui para eu ler um dia.
    Deve ser muito legal uma história dessa contada nas páginas de um livro. Voce poder ver o futuro. É uma história muito interessante mesmo. É sério.

    Beijos linda.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Oi, Letícia.
    Eu tinha visto seu e-mail, até respondi e mandei o link do meu banner. O e-mail não chegou? Que estranho, mas tudo bem, eu mando novamente.
    O livro é bem legal sim. Espero que goste!

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  3. Esse livro deve ser bem legal mesmo! Livros simples, bobinhos nos trazem uma felicidade boba, tão boa! :3
    Eu lembro da internet discada, e lembro que no primeiro mês que meu pai colocou, eu mexia todo dia, no final do mês meus pais quase tem um treco por causa do preço da conta do telefone! kkk ><' Comecei a usar internet só aos domingos... Diferença de hoje! Lembro que era da Terra, e o e-mail do meu pai até hoje é de lá.
    Bjo, Sel ;*

    Jovens Gordinhas
    Unicórnio com Bigode

    ResponderEliminar
  4. Sel,

    eu gosto desses livros também! :)
    Quando a internet era discada, eu só usava depois da meia-noite e nos finais de semana. kkkkk
    Eu tenho meu primeiro e-mail ainda também, acredita? kkkk

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  5. Não era da minha época internet discada(não que eu pudesse mexer). Ainda bem!

    Eu achei legal o enredo do livro, mas fiquei meio ressabiado por achar que talvez seja chatinho. kkk

    :) Até!

    ResponderEliminar
  6. Thiago,
    o livro não é nada extraordinário, mas dá pra passar o tempo. kkkk

    Até :)

    ResponderEliminar
  7. Muito legal esse livro, quase comprei esses dias mas as resenhas não andam elogiando tanto

    O Vitrô

    ResponderEliminar
  8. Liz,

    pois é, o livro não é nada demais, mas dá pra distrair. kkk

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  9. Olá, Camila!

    Primeiro, obrigada, fico feliz que tenha gostado do poema! Ah, quanto ao cabelo novo, a foto em preto e branco não deixa ver: eu fiz duas mechas verdes, uma de cada lado. hehe Ainda não consegui abandonar minha tintura verde, minha marca registrada. haha

    Eu lembro de ter visto esse livro no skoob há algum tempo, as resenhas que li dizem mais ou menos o que você falou: que o livro é leve, divertido e não "O livro", mas apenas uma distração despretensiosa, digamos. rs
    Bom, confesso que até desperta um pouco minha curiosidade. Mas, comparando a outros que estão na minha lista de desejados, ele vai lá pro final... Quem sabe, um dia, eu leia!

    Beijos!
    Isabela

    ResponderEliminar
  10. Isa,

    Que legal, eu adoro essas mechas verdes em seu cabelo, fica muito estiloso. Minha marca registrada é batom vermelho, não fico sem. kkk

    Sobre o livro, é exatamente isso, algo para passar o tempo.

    Beijão :)

    ResponderEliminar
  11. Oi, Camila.

    Também assisti ao vídeo do Cabine Literária. Eu gostei muito da história desse livro, quero muito lê-lo. Amo romances leves. Sabe que eu fui lendo a resenha e imaginando uma adaptação para cinema? Tomara que seja adaptado logo.

    Beijos!

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderEliminar
  12. Isie,

    hahaha, que legal, adoro os vídeos desses meninos.
    Ah, tomara mesmo que o filme chegue logo, estou curiosa! :)

    Beijão :)

    ResponderEliminar

Adoraria saber o que você está achando do blog, e da postagem...