Traduzir

terça-feira, 30 de julho de 2013

Eu Falo e Você Escuta - Contos de Fadas


Eu adoro contos de fadas e os desenhos das princesas, toda garota gosta, ao menos boa parte das garotas gosta e uma grande parte dos meninos também, ao menos enquanto são crianças.
Ok, eu acho bonito, fofo, vestidos brilhantes, músicas de amor, animais amigos, tudo muito lindo, mas alguns detalhes sempre me irritam. Você pode estar se perguntando por que uma moça de quase vinte e três anos fica assistindo desenhos infantis de princesas? Em primeiro lugar, não vejo problema nenhum em assisti-los, ué, mas não, eu os assisto, pois vivo com um garoto de cinco anos que é viciado e me faz assistir junto. J
Mas vamos ao que me incomoda, antes, quando eu era pequena, é claro que nem reparava nisso, mas agora reparo. 

A Bela Adormecida, por exemplo, quando ela nasce e está sendo mostrada para todo o palácio, as três boas fadas surgem para dar cada uma um presente para a linda princesa. Até ai tudo bem, elas são as boas fadas, quem não quer ser presenteada por elas?






Mas então elas começam, Flora é a primeira e o presente dela é o dom de beleza, até ai tudo bem também, as pessoas gostam de ser bonitas, eu preferia um outro tipo de dom, como inteligência, raciocínio super rápido, um QI elevado, mas ok, beleza é boa também. 




Então a segunda fadinha boa, Fauna se aproxima da menina e lhe dá o dom de cantar. Cara, cantar é ótimo, eu adoro música, vivo de música, mas sério? Dom de beleza e depois o de cantar?
Meu, você podia dar qualquer dom pra essa menina e então escolhe essas duas coisas?




A terceira fada tem seu presente interrompido, pois Malévola aparece para amaldiçoar a princesa e o presente de Primavera, a terceira fada boa, é apenas para evitar que Aurora morra quando picar o dedo numa roca ao por do sol de seus dezesseis anos, mas aposto que se ela não tivesse sido interrompida seu presente seria o dom da costura, do bordado ou talvez o dom de cozinhar bem para o príncipe encantado.




Por falar em príncipe encantado, por que as princesas sempre precisam de um príncipe, que não basta ser apenas um príncipe, ele tem que ser encantado, mas por que elas sempre precisam de um para serem felizes? Que isso, elas são lindas, jovens, espertas, ricas, boas de coração, mas não, nunca serão felizes sem um príncipe encantado. Seria legal uma princesa não se apaixonar por um príncipe e sim por um camponês, só pra variar, sabe, ou então não se apaixonar por ninguém. A princesa tem sempre que ser indefesa e cair de amores desde a primeira vez que vê, canta ou dança com o tal do encantado.






Já pararam pra reparar que tudo gira em torno de beleza? A Rainha Malvada da Branca de Neve quase matou a pobrezinha, somente por ela ser mais bonita. A Rainha odiou a menina a vida toda por causa de beleza, não pela inteligência, não pela bondade, não por causa dos passarinhos arrumarem sua cama toda bendita manhã, mas por ela ser bonita.
E esse negocio de “cabelos da cor da noite”, “lábios rubros de rosa”, “pele branca igual a neve”, “cabelos da cor do sol”, “lábios vermelhos como o sangue”, qual é, não é mais fácil dizer que a menina é branca que nem um fantasma, tem boca vermelha e um cabelo preto?
E esse negócio de cantar? Por que todas as princesas sabem cantar bem? Não é por nada, mas muita gente é desafinada e não consegue cantar uma nota se quer, eu me encaixo perfeitamente nesse grupo, o que não significa especificamente que eu não cante, eu apenas não sei como se faz.
Bem, eu poderia falar sobre muitas outras coisas que me incomodam nessas histórias, mas o post ficaria grande demais, então é isso.

Só relembrando, eu adoro esses desenhos, são mágicos, nos lembram tempos bons, nostalgia pura, mas mesmo assim, irei continuar procurando coisas estranhas e sem sentido para comentar, eu sou assim, fazer o quê? 


20 comentários:

  1. Por isso gosto da Tiana, de "A princesa e o sapo", a meta de vida dela é abrir o restaurante que era o sonho dela e do pai!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não vi esse desenho, mas acho que irei gostar dele! :)

      Eliminar
  2. Oi Camila!!

    Adorei sua postagem!!

    É como você mesmo disse, são mágicos, e é muito bom lembrar deles!! Nos levam de volta a nossa infância!!

    Bj
    Rê Souza
    http://entreresenhas.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  3. Oi linda, tudo bem?
    Concordo com você no fato que algumas coisas não percebemos mesmo quando somos pequenas, mas tem coisa que é assim mesmo. Faz parte do mundo infantil fantasiar que a princesa sempre vai encontrar um príncipe. Eu adorava, sem contar que era lindo.
    Mas tem algumas coisas, não só com a Disney, mas principalmente com ela, que vemos que é para enfiar na cabeça da criança mesmo, e são coisas que não são boas para a formação delas.

    Beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, não acho que seja assim, algo capaz de interferir na formação, eu na verdade acho essas coisas engraçadas. Como na Cinderela, um ratinho pega uma agulha e diz que vai costurar, então uma ratinha toma a agulha da mão dele e diz que a costura é das senhoras. kkkk
      é machista, mas eu dou risada. kkkk

      Beijos :)

      Eliminar
  4. Já fazia tempo que eu não comentava por aqui...
    Então, botando lenha na fogueira dessa discussão, já reparou que são sempre princesas nessas histórias? Não importa nem se elas são orfãs, nenhuma delas nunca é promovida a rainha. A rainha é uma figura negativa em todos os casos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Raphael, quanto tempo. kk

      Sabe, eu nunca tinha reparado nisso, mas é verdade, elas nunca se tornam rainha, algumas até se tornam, mas só na continuação do filme. kkkk
      E a rainha é sempre má, verdade.

      Eliminar
  5. Isso acontece especialmente com a Disney. Lembra da Ariel? Ela abre mão da voz para poder ficar com seu príncipe encantado e a vilã é representada como o contrário do modelo estético tradicional. O corpo da Ariel é o de uma modelo, a bruxa má é gorda e tentacular.

    Bom post, vou acompanhar mais o seu blog.
    =*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é verdade, a vilã sempre é feia, né? kkkkk

      Que bom que gostou do post!

      :)

      Eliminar
  6. Oi, Camila. Eu adoro até hoje assistir os desenhos da Disney. Dá pra notar mesmo essas características que você falou: normalmente a princesa é toda frágil bonita e canta bem, gosta de fazer o serviço da casa... Eu gosto muito o filme da Mulan por variar um pouco esse esteriótipo (apesar de ela acabar terminando com uma espécie de príncipe encantado também...). Você já assistiu Valente? Nessa animação a princesa não quer se casar om nenhum dos pretendentes que os pais arrumam para ela, é uma arqueira e rebelde. Se você ainda não assistiu, eu recomendo, porque é bem diferente do padrão normal das princesas.
    Beijos,
    Niki - http://www.meigaemalefica.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Niki.
      Eu só vi o comecinho desse filme e achei que ia ser chato, mas todo mundo diz que é legal, vou assistir sim. Obrigada pela dica.

      Beijos :)

      Eliminar
  7. oiiiiiiiiii camila! muito boa a postagem :) gostária de saber "si" têm algum filme que estreia neste mês de agosto que vc indica? bjsssssss- daiane

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oiiiii, Daiane.

      Olha, eu estou louca pra ver "Percy Jackson e o Mar de Monstros", "Os Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos" e "Circulo de Fogo", esse último parece ser muito bom, quero muito ver.

      Ah, que bom que gostou da postagem

      Super beijo. :)

      Eliminar
  8. Desculpe se isso vai soar meio paranoico, mas o que acho é que desde de pequeninos a industria quer que as pessoas pensem que a beleza é o elixir da vida. Seria, por exemplo, as bonecas que a menina tem que trocar fingir que é um bebê, ou aqueles de cozinhar; meio que "preparam" as mulheres para o que elas "deveriam ser". Entende?

    Enfim, se você quer um filme que a princesa não é tão indefesa, e não fica com ninguém, assista Branca de Neve e o Caçador (ja resenhado por você, eu acho). É bem legal.

    Até! :).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Thiago, estava sumido.
      Pois é, eu sempre acho graça desses brinquedos. Quando eu era criança eu brincava com uma vassourinha, bebês, comidinha, tinha geladeirinha, essas coisas. kkkk É bem isso que você disse mesmo.
      Os meninos sempre ficam com os brinquedos mais legais, como carros de controle remoto e robôs. :/

      Sim, já vi esse filme e já resenhei. kkk
      Obrigada pela dica!

      Até. :)

      Eliminar
    2. Tudo culpa da maravilhosa empresa que é a Vivo, que passou quase um mês sem arrumar meu telefone e a internet. kkk

      Ps: se você puder avisar la no fórum eu agradeço, já faz um mês que me cadastrei e até agora nada. Obrigado!

      Até! :).

      Eliminar
    3. Nossa, que coisa boa, né?
      Pode deixar que vou falar com Isie lá no fórum, ela resolve essas paradas. kkkk

      Até :)

      Eliminar
  9. Oi, Camila.

    É como menina ter que brincar com boneca, conjunto de cozinha e vassoura, e menino ter que brincar com carro, avião e bola de futebol. Até nisso a sociedade é machista, pregando a beleza e os dotes de dona de casa para a mulher. Paciência...

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderEliminar

Adoraria saber o que você está achando do blog, e da postagem...